Resultado do IELTS

Posted by Daniel Medeiros Mon, 30 Apr 2007 14:08:00 GMT

Chegou o resultado do IELTS… Peguei faz uns 20 minutos… demorou porque a Cultura Inglesa-CE me mandou via Sedex a cobrar, e estava desde sabado na agencia dos Correios.. Enquanto isso, eu e a Raquel ficamos curiosos e ansiosos pelo resultado… : (

Mas já que o assunto é o resultado… lá vem a bomba: Listening: 6.5 Reading: 7.0 Writing: 6 Speaking: 6 Overall Band Score: 6.5

Resultado final: BOMBA (Eu precisava de dois 7 e dois 5)

Usando as palavras da Juliana (Paulistanos numa Fria): “Ter que fazer outra prova por causa de meio ponto é f*!!!”

Agora temos que pensar um pouco, já que a bendita carta do consulado ainda não chegou, se já me escrevo para a próxima prova (daqui a seis semanas) ou me preparo um pouquinho mais.

Minhas impressões sobre o IELTS

Posted by Daniel Medeiros Sat, 14 Apr 2007 14:09:00 GMT

Fiz a prova hoje, a mais ou menos três horas atrás. Confesso que não gostei muito, mas vamos ver em 15 dias o resultado. Na pior das hipóteses, ganhei experiência e em junho devo sair melhor.

Sobre o teste, acho interessante comentar alguns pontos. Mas ATENÇÃO: Essa prova foi efetuada na Cultura Inglesa de Fortaleza, não sei se as condições são exatamente as mesmas em todos os lugares.

1) A ordem das provas é: Listening, Reading, Writing, Speaking. É uma ordem de certo modo justa. Mas eu, pessoalmente, preferiria o Listening depois do Reading. Acho mais fácil para cérebro pegar no tranco, se acostumando com o Inglês aos poucos. Além disso, acho que o Reading (para a grande maioria das pessoas) é a prova mais fácil, e isso encorajaria um pouco mais, deixando-as menos nervosas.

2) Sobre o Listening: DETESTEI como foi feito. A turma (no meu caso uns 12 estudantes) fica numa salinha e o texto é tocado num CD Players normal, destes que muitos tem. A qualidade fica prejudicada, o eco (pelo tamanho da sala), o ar-condicionado atrapalham um pouco. No meu caso particular, como sou acostumado com o sotaque americano, achei ainda pior. Um cara ainda sugeriu desligar o ar, mas, cá entre nós, o calor causado pela sala pequena e cheia somado com o nervosismo natural de todo mundo atrapalha ainda mais. Minha sugestão: Eles deveriam colocar headphones para todo mundo, ou pelo menos um aparelho de som melhor. Como acho que não vão mudar, tentem treinar em condições semelhantes… coloquem o aparelho em um canto da sala e façm a prova no outro.

3) Sobre o Reading: Tranquilo demais. Acho que o único problema mesmo é o tempo. Mas não dá para fazer nada a respeito, só treinar.

4) Sobre o Writing: Os assuntos não eram tão complicados. De novo, o tempo é o maior problema. Fazer um rascunho não é uma boa idéia, a menos que você escreva r´pido. Fiz isso para a tarefa 1 e quase não tive tempo de completar a tarefa 2. No meu caso, ainda me dei bem, porque ia ficar muito curta, e deu para aumen

Sobre o IELTS

Posted by Daniel Medeiros Wed, 03 Jan 2007 15:14:00 GMT

Está confirmado: Próxima segunda, começa um “mini-curso” de preparação para o IELTS. Escolhi fazer na Cultura Inglesa, pois é a instituição que aplica a prova aqui no Nordeste e creio, e espero, que eles tenham uma boa idéia de dicas práticas para o teste. Apesar de já saber, conversando com o professor, acabei ficando na dúvida: Qual o tipo de teste eu devo fazer?

Para aqueles que ainda não sabem, existem duas opções da provas Reading e Writing do IELTS: General Training e Academic. (As provas de Listening e Speaking são as mesmas para ambas as opções) O Academic é, como o nome diz, voltado para instituições de ensino, por exemplo, para programas de mestrado. Dizem que é mais difícil que o GT. O General Training é mais voltado para programas de treinamento profissaionalizante, escolas secundária ou, ainda, para programas de imigração. Para tirar qualquer dúvida que possa ainda restar (para aqueles que argumentam que o Academic, por ser mais difícil é mais recomendado), o próprio consulado diz: “Note: IELTS has two options for the reading and writing tests. There is a ‘General Training’ and an ‘Academic’ option. You must take the ‘General Training option’.”

Logo surge a próxima dúvida: E quanto eu preciso tirar? Bom, quanto mais melhor, né? ; )

Na verdade, se você achar muito difíicil tirar a nota máxima, fique tranquilo, pois basta um 7 (numa escala de 0 a 9).

Como o post tá ficando grande (putz, e eu que costumo dizer que não gosto de escrever muito!), vou me aproveitar da tabela do consulado, que acho que deixa bem claro e de forma resumida a relação entre resultado do IELTS e pontos para o processo.

Tabela Notas IELTS

Vou deixar para falar mais sobre o IELTS depois. Um abraço a todos.

Here we go!

Posted by Daniel Medeiros Fri, 15 Dec 2006 15:13:00 GMT

Aviso aos navegantes: Post um pouquinho longo, mas sejam persistentes! ; )

Hoje de manhã, fiz um pedido para a Raquel. Como mandamos a carta no final do mês passado, eu queria que ela começasse, a partir da próxima semana, a prestar atenção nas correspondências que chegarem. Ela me respondeu: “Daniel, nao precisa se preocupar com isso agora. Todo mundo fala que demora uns 2 meses, como estamos no final de ano… Natal… Ano novo… acho que agora so’ ano que vem. ”

Na hora do almoco, ela me avisou que uma amiga estaria vindo a tarde para conversar com ela. Antes do trabalho, ouço os cachorros latindo e grito: “Raquel, tua amiga chegou!”. Momentos depois só ouvi a voz dela. “Era ela não!”

Quando vejo, a Raquel tá com um sorriso de “orelha-a-orelha”, até tremendo um pouco.

“Olha o que chegou!!!!” : )

Ela tinha nas mãos um envelopezinho beje com meu nome em uma etiqueta grudada de um lado e uma “folhinha” desenhada do outro. Acima da “folhinha” estava escrito: “Canada” e do lado direito, carimbado: “Consulado Geral do Canada”. Quase não acreditei que já era a famosa carta de confirmação do recebimento do formulário.

Agora podemos dizer que estamos oficialmente na fila.

Curiosidades sobre o conteúdo:

Num dado momento, eles dizem que lamentam a demora no envio desta carta.

Putz, eu estava esperando para, pelo menos, a semana que vem e a Raquel só para o próximo ano! Pessoal do consulado, tudo bem, não se preocupem que estão totalmente desculpados! : D

“Nenhum processamento ocorrerá no seu arquivo por aproximadamente 16 meses. Esta é a nossa atual estimativa, entretanto as circunstancias podem mudar”

Eu confesso que esperava um pouco menos. Por outro lado, pelo menos me dá uma boa idéia de cronograma. Eu pretendia já tentar o IELTS agora em fevereiro (a propósito, terminei o curso de Inglês oficialmente na última terça, com direito até a festa de formatura). Mas tendo em vista o cronograma deles, acho que vou tentar uns simulados antes.

Certificações e Cursos, fazer ou não fazer, eis a questão!

Posted by Daniel Medeiros Sat, 09 Dec 2006 15:06:00 GMT

Recebemos um comentário do Paulo (Luz Canada) que me fez pensar sobre isso.

Certificações e cursos… Fazer ou não? Dizem que para o imigrante é mais importante experiência do que cursos. Acredito que possa até ser verdade, mas nas minhas pesquisas, ainda superficiais, sobre empregos ( Workópolis e Monster, principalmente) vejo constantemente algumas certificações entre os requisitos para a vaga. Chego à conclusão de que mesmo que não garanta o emprego, uma boa certificação, ou um bom conjunto delas, ajuda pelo menos para conseguir a entrevista.

Ok… decidido: Vamos tentar tirar algumas antes de ir… ops… outro problema. Mas quem disse que essa idéia de imigrar era coisa fácil?

Aqui na minha cidade praticamente não existem oportunidades para se conseguir certificações. Eu, Daniel, cheguei a conseguir uma CCNA a alguns anos, pois o SENAI daqui abriu um curso preparatório, mas tive que fazer o teste em outra cidade. E aí chegamos ao maior problema do brasileiro: “grana”. Ao mesmo tempo em que devemos que investir em nós para conseguirmos algo lá fora mais facilmente, precisamos economizar o possível para podermos nos manter lá enquanto o trabalho não aparece.

O negócio, então, é tentar conseguir material, estudar em casa mesmo, no tempo livre que conseguirmos, para, então, viajar e tentar fazer o teste onde for possível. Prevejo que teremos uma temporada complicada até o resultado processo sair, mas acredito que esta seja a melhor forma para facilitar a nossa vida quando chegarmos lá. Na pior das hipóteses, pelo menos seremos profissionais mais qualificados aqui mesmo no Brasil, certo?

Older posts: 1 ... 7 8 9 10